Mostrando entradas 1 para 10 de 21
Próximo 10 Entradas mais antigos »
Displaying posts with tag: Linux (reset)
INSTALANDO O MYSQL 5.7 NO CENTOS A PARTIR DOS BINÁRIOS

Temos 3 formas de instalar o MySQL nas distribuições Linux. As instalações podem ser feitas a partir do repositório(yum, apt-get, etc…), a partir do pacote já compilado para a sua distribuição(.rpm, .deb, etc…) ou ainda através dos binários do MySQL.
Nesse momento vamos ver como fazer a instalação a partir dos arquivos binários, e já adianto que será um post um pouco longo, pois temos que configurar tudo manualmente.
Vamos instalar a versão mais recente do MySQL 5.7.

A primeira coisa a ser feita é acessar o site do MySQL e fazer o download do arquivo.

Recomendo executar um yum update antes de iniciar, pois caso tenha alguma lib desatualizada, nesse momento ela será atualizada.

A primeira coisa é fazer o download dos arquivos que vamos precisar.

https://dev.mysql.com/downloads/mysql/

Ao chegar nessa tela verá que a versão que está selecionada para download são os …

[Leia mais]
INSTALANDO O MYSQL 5.7 NO CENTOS COM OS ARQUIVOS RPM

Temos 3 formas de instalar o MySQL nas distribuições Linux. As instalações podem ser feitas a partir do repositório(yum, apt-get, etc…), a partir do pacote já compilado para a sua distribuição(.rpm, .deb, etc…) ou ainda através dos binários do MySQL.
Nesse momento vamos ver como fazer a instalação a partir do compilado para a sua o CentOS(Para os derivados do Red Hat.)
Vamos a versão mais recente do MySQL 5.7.

A primeira coisa a ser feita é acessar o site do MySQL e fazer o download dos arquivos, veja que estou falando de mais de um arquivo, pois teremos que instalar o MySQL Server, cliente, common, libs, etc…

Recomendo executar um yum update antes de iniciar, pois caso tenha alguma lib desatualizada, nesse momento ela será atualizada.

A primeira coisa é fazer o download dos arquivos que vamos precisar.

https://dev.mysql.com/downloads/mysql/

Ao chegar nessa tela …

[Leia mais]
INSTALANDO O MYSQL 5.7 NO CENTOS A PARTIR DO REPOSITÓRIO

Temos 3 formas de instalar o MySQL nas distribuições Linux. As instalações podem ser feitas a partir do repositório(yum, apt-get, etc…), a partir do pacote já compilado para a sua distribuição(.rpm, .deb, etc…) ou ainda através dos binários do MySQL.
Nesse momento vamos ver como fazer a instalação a partir do repositório oficial do MySQL.
Vamos a versão mais recente do MySQL 5.7.

A primeira coisa a ser feita é acessar o site do MySQL e fazer o download do arquivo de configuração do repositório.

https://dev.mysql.com/downloads/repo/yum/

No meu caso é o CentOS 7.5 então vou fazer o download do “Red Hat Enterprise Linux 7 / Oracle Linux 7 (Architecture Independent), RPM Package”
Você pode fazer o download no seu computador e transferir para o servidor ou pode fazer o download direto no servidor, usando o wget, por exemplo.
Eu vou usar o wget, e para isso fiz esses …

[Leia mais]
Alterando o datadir do MySQL no Ubuntu

Um procedimento comum após a instalação do MySQL é alterar o datadir e normalmente é para outra unidade de disco. Nos servidores que eu administro sempre busco deixar o datadir em uma unidade de disco e a gravação de logs em outra, isso faz não existir concorrência de I/O no momento de leitura ou gravação de dados.

Eu normalmente utilizo CentOS para o MySQL mas devido a um projeto acabei utilizando Ubuntu 14.04. Toda a instalação, tuning, etc… foi maravilhosamente bem, até o momento em que eu foi alterar o datadir do MySQL.

Então eu parei o serviço do MySQL com o comando /etc/init/d/mysql stop , e editei o /etc/mysql/my.cnf para alterar as variáveis de datadir e variáveis de diretório das tabelas InnoDB.

Copy to Clipboard datadir = /database/mysql innodb_data_home_dir = /database/mysql innodb_log_group_home_dir = /database/mysql

Nesse momento os problemas começaram, o serviço do MySQL não …

[Leia mais]
Subindo uma aplicação Ruby on Rails 5 em um servidor Linux

Este é um processo que se faz necessário de vez em quando na vida de um desenvolvedor Ruby. Muitos dirão: “ah, usa Heroku”; mas acredite jovem padawan, existe um caminho melhor a seguir.

Este é o caminho mais sujeito a falhas, afinal, você ter o controle sobre tudo lhe permite que deixe falhas críticas na segurança. Mas é só você estudar um pouco e tomar bastante cuidado que a sua segurança não estará tão comprometida.

Eu resolvi escrever este artigo também para documentar passo-a-passo qual o procedimento que eu costumo fazer neste tipo de situação. Alguns amigos sempre me questionam como fazê-lo e esta será a forma mais prazerosa, tanto para mim, quanto para vocês, de aprender.

Resumão do que faremos hoje:

  • Criando uma máquina virtual
  • Instalando Rbenv
  • Instalando Ruby
  • Instalando Node.JS
  • Instalando Rails
  • Instalando …
[Leia mais]
Monitoração daqueles locais difíceis de alcançar: Linux, Java, Oracle e MySQL

Os ambientes de TI de hoje são cada vez mais heterogêneos, com Linux, Java, Oracle e MySQL considerados quase tão comuns quanto os ambientes tradicionais do Windows. Em muitos casos, essas plataformas foram integradas ao departamento de TI baseado em Windows de uma organização por meio de uma aquisição de uma empresa que se utiliza de uma dessas plataformas. Em outros casos, os aplicativos podem ter feito parte do departamento de TI por anos, mas eram gerenciados por um departamento separado ou um único administrador.

Mesmo assim, seja uma percepção da especialização necessária, frustração com as muitas combinações de versão dessas plataformas ou apenas incertezas e dúvidas gerais, Linux, Java, Oracle e MySQL criam confusão em massa no monitoramento e são considerados rotineiramente “difíceis de acessar” mesmo para um profissional de TI experiente. Esse problema ocorre nas duas vias (quando monitorar o Windows …

[Leia mais]
Criando um Lamp com seu Docker

Bastante pessoas me pediram para criar uma documentação sobre como configurar um LAMP (Linux, Apache, Mysql e PHP) com o Docker.

Para esse artigo, usaremos o Docker e Docker-compose, mas não entremos nos detalhes básicos sobre seu uso. Caso ainda não sabia usar essas ferramentas, apresento os links abaixo para aprender as ferramentas citadas:

Para configurar um LAMP, faremos o uso de um ambiente com dois containers.

Crie uma pasta para seu projeto e dentro dessa pasta crie um arquivo docker-compose.yml com o seguinte conteúdo:

web:
image: tutum/apache-php …
[Leia mais]
8 dicas fáceis de desempenho para seu ambiente Linux

Para a maioria dos usuários que se acostumaram a um ambiente Windows ao longo dos anos, o Linux pode parecer um outro mundo. Em essência, o Linux é um sistema operacional de código aberto gratuito que ganha cada vez mais popularidade desde seu lançamento em 1991. O Linux é baseado em todo o ecossistema Unix de sistemas operacionais que cresceram a partir dos Laboratórios Bell no início de 1970, ou seja, tem em torno de 25 anos e cresceu imensamente no final de 1990 e início dos anos 2000, quando se tornou associado com a pilha LAMP de desenvolvimento web, onde L representa Linux, juntamente com Apache (A), MySQL (M) e PHP/Perl/Python (P).

A principal diferença que qualquer usuário vai notar facilmente entre Linux e Windows …

[Leia mais]
Conheça 5 incríveis alternativas open source de backup para Linux

Já dizia a velha máxima da informática: “Só Jesus salva! O restante se faz backup”. Brincadeiras a parte, um bom sistema de backup é essencial para casos como:

  • Erros humanos
  • Falha em RAID ou disco
  • Corrompimento do sistema de arquivos
  • Data centers destruídos e etc

Neste artigo, vamos listar cinco softwares impressionantes. Além de serem todos open source, que você pode usar como solução de backup.

Bacula – ferramenta de backup cliente/servidor para redes heterogêneas

Este é um excelente software para gerenciar backup e restore em redes de computadores que possuam sistemas Linux, OSX e Windows. Você pode configurá-lo através de uma CLI, GUI ou interface web.

[Leia mais]
O que é Iptables, para que serve, e como usar?

Após muito tempo, finalmente tive um tempo, pra voltar a escrever, e dessa vez pretendo manter uma periodicidade. O motivo da minha ausencia? Bom agora eu tenho Dom Sem mais delongas, vamos ao que interessa, o que é Iptables, pra… Continue Reading →

Continue lendo O que é Iptables, para que serve, e como usar?

Related posts:

  1. What is Iptables, what it’s for, and how to use?
  2. TTY: O que é? Pra que serve? Como usa-lo?
[Leia mais]
Mostrando entradas 1 para 10 de 21
Próximo 10 Entradas mais antigos »