Mostrando entradas 1 para 10 de 726
Próximo 10 Entradas mais antigos »
VB .NET – Inicializando uma lista e exibindo registros do MySQL

Neste artigo vou mostrar como inicializar uma lista com dados a partir de um banco de dados MySQL e exibir registros selecionados em um TextBox usando a linguagem VB .NET.

O Data Binding é a maneira mais simples e fácil de acessar dados mas ela não é muito flexível. Para te dar mais controle sobre o que está acontecendo, usar os recursos da ADO .NET e dos provedores de dados é um melhor caminho (talvez o melhor caminho seja usar uma ferramenta ORM).

Então neste artigo, vou mostrar como acessar o MySQL e inicializar uma lista, que no exemplo será um controle ListBox. Com a lista populada, basta selecionar um item da lista para exibir os detalhes do item atual em controles TextBox.

Vamos acessar o banco de dados Cadastro, criado no MySQL e a tabela Clientes que tem a seguinte estrutura: id, nome, CPF e e-mail.

Recursos Usados:

[Leia mais]
APIs REST em ASP.NET Core – Guia de Referência

A intenção deste artigo é agrupar os diferentes conteúdos (artigos, vídeos, slides, posts) que venho produzindo sobre a implementação de APIs REST com o ASP.NET Core.

Continuarei mantendo em paralelo listagens similares, nas quais vocês poderão encontrar materiais que vão desde o .NET Core 1.0 e o ASP.NET Core 1.0, além das versões mais recentes da linguagem C# (7.0, 7.1, etc):

Autenticação com JWT (JSON …

[Leia mais]
C# – Manutenção de dados com DataGridView no MySQL – Parte 01

Hoje vou apresentar uma aplicação C# usando ADO .NET que realiza a manutenção dos dados dos alunos em um banco de dados MySQL.

Neste artigo eu apresento uma aplicação bem simples que usa a linguagem C# e os recursos da ADO .NET para acessar um banco de dados e gerenciar as informações dos dados dos Alunos.

Para isso, a aplicação acessa o banco Cadastro e a tabela alunos, cuja estrutura vemos abaixo:

O Script SQL para criar a tabela é o seguinte:

CREATE TABLE `alunos` (
  `id` int(10) NOT NULL AUTO_INCREMENT,
  `nome` varchar(80) NOT NULL,
  `email` varchar(150) NOT NULL,
  PRIMARY KEY (`id`)
) ENGINE=InnoDB AUTO_INCREMENT=12 DEFAULT CHARSET=utf8;
SELECT * FROM cadastro.alunos;

Como a aplicação é muito simples, vou usar uma abordagem onde criaremos uma classe contendo os métodos para acessar os dados no MySQL.

Recursos Usados:

[Leia mais]
Dapper + .NET Core 2.0: exemplos utilizando PostgreSQL e MySQL

Este novo artigo sobre Dapper traz exemplos de uso deste micro-ORM com PostgreSQL e MySQL, em conjunto com o package Dapper.Contrib (este último sendo uma extensão do Dapper, que facilita a implementação de operações de CRUD). Além disso, foram incluídas aqui, orientações a respeito de quais providers ADO.NET empregar ao optar estes SGBDs.

Caso tenha interesse em conhecer mais sobre o Dapper, consulte também os seguintes artigos:

[Leia mais]
Painel Permanente da Engenharia da Uber

Os engenheiros permanentes da Uber facilitam experiências perfeitas para passageiros e motoristas em todo o mundo, mantendo a confiabilidade 24 horas por dia em nossos aplicativos. Para executar essa confiabilidade, no entanto, precisamos garantir que nossas equipes permanentes estejam configuradas para o sucesso.

Até janeiro de 2016, a nossa caixa de ferramentas permanente esteve dispersa em vários sistemas, dificultando que os engenheiros respondessem com alertas de forma rápida e eficiente. Somado a isso, estava a incapacidade da solução de rastreamento que estávamos usando naquele momento – relatórios de e-mail – para efetivamente retransmitir informações contextuais sobre mudanças anteriores para engenheiros permanentes integrados. Precisávamos de uma solução que centralizasse a nossa caixa de ferramentas permanente e providenciasse o próximo engenheiro permanente com uma imagem mais completa do estado do sistema na …

[Leia mais]
Autenticação externa via PAM no MySQL Enterprise e Oracle Linux 7.4

O MySQL Enterprise Edition suporta um método de autenticação que permite que o MySQL Server use o PAM (Pluggable Authentication Modules) para autenticar usuários do MySQL.
O PAM pode ser visto como um subsistema do Linux e macOS que provê uma interface padronizada para autenticação. Ou seja, os aplicativos podem usar a interface do PAM para confirmar usuários e senhas. Pode-se configurar o PAM para vários métodos de autenticação, incluindo usuários e senhas armazenados localmente no próprio SO ou buscá-los remotamente em um diretório LDAP.
Com o plugin authentication_pam habilitado, o MySQL server vai delegar a autenticação dos usuários para o PAM. Você pode, por exemplo, usar os usuários/senhas do Sistema Operacional para fazer login no MySQL. Outro exemplo, se o SO e o PAM estiverem integrados a um serviço de identidade e autenticação, tais como Open LDAP ou Active Directory, o MySQL pode usar os …

[Leia mais]
Como criar as Models do seu projeto com Eloquent no Laravel

Continuando a série de artigos sobre o Laravel, hoje trago o Eloquent, uma forma quase mágica e simples de trabalhar com consultas a bancos de dados e desenvolver suas Models.

No último artigo que fiz, abordei a criação de migrations e como o Laravel pode relacionar as tabelas para você – caso não tenha visto ainda, você pode acompanhar por aqui. Lembra do exemplo da tabela de produtos que eu criei? Então, agora é hora de começar a buscar estes dados para a nossa aplicação. Para isso, precisaremos criar Models.

Models

Para não fugirmos muito do objetivo deste artigo, deixo brevemente o entendimento sobre Models. Models, dentro da arquitetura …

[Leia mais]
Livro: Pro MySQL NDB Cluster



Adquiri recentemente o excelente livro Pro MySQL NDB Cluster na versão eBook. Faltava um guia definitivo, agora o temos.

O livro Pro MySQL NDB Cluster é escrito por dois engenheiros de suporte do time Oracle MySQL, Jesper W. Krogh e Mikiya Okuno. É um mergulho profundo de quase 700 páginas no produto, publicado pela Apress (em Inglês).

É importante enfatizar que há várias formas de trabalhar com o MySQL em Cluster. Há a Replicação nativa do MySQL, há também o MySQL InnoDB Cluster e o MySQL (NDB) Cluster. O livro é dedicado inteiramente a este último.

De forma sucinta, o MySQL NDB Cluster é uma solução que vai atender muito …

[Leia mais]
Entendendo as cláusulas Exists e Not Exists

Estas são cláusulas SQL ANSI, um padrão da linguagem SQL seguido pela maior parte dos SGBDs (sistema de gerenciamento de banco de dados). Essa especificação é relativa a uma padronização de nome de cláusulas. Isso significa que o mesmo nome pode ser usado tanto no SQL Server, quanto no PostgreSQL, MySQL e assim por diante. Algumas cláusulas que seguem o mesmo padrão, são o INSERT, UPDATE e DELETE, por exemplo.

Para entender como elas funcionam, veremos como elas funcionam na prática. Para isso, os scripts abaixo precisam ser executados para que os dois exemplos a seguir possam trazer os mesmos resultados mostrados neste artigo. Os scripts foram implementados para o SQL SERVER.

[Leia mais]
Multiple MariaDB Instances and systemd units

First of all 😀 if you expect to read something really advanced level, this blog is not for you, just go read another stuff, 😉 I’m saving you some time. Today I was caught by surprise with a request to help a good friend from Consulting side of the world. As I got very curious […]

Mostrando entradas 1 para 10 de 726
Próximo 10 Entradas mais antigos »