Mostrando entradas 1 para 9
Displaying posts with tag: Redes e Servidores (reset)
Timings do Server-side no Chrome Devtools

Paul Irish falou recentemente no seu Twitter sobre um recurso muito legal no Chrome Devtools! A guia timings pode interpretar cabeçalhos HTTP enviados pelo aplicativo e processá-los.

View your server’s metrics in @ChromeDevTools via Server Timing headers. Big thanks to longtime Firebug developer @sroussey for the patch! pic.twitter.com/OjDDIv0lLR

— Paul Irish (@paul_irish) 7 de fevereiro de 2017

É parecido com isso no Network Inspector do Chrome:

Para testar, clique com o botão direito do mouse nesta página, vá para …

[Leia mais]
Link entre containers – Parte 01

Olá, pessoal!

Hoje vou mostrar como podemos interligar containers sem precisar expor as portas do nosso host. Mapeamentos de portas não são a única maneira de conectar um container ao outro. Docker também tem um sistema de ligação que permite interligar vários containers juntos e enviar as informações de conexão de um para outro.

A importância de nomear

Para estabelecer os links, o Docker conta com os nomes dos container. Você já viu que cada container que você criar tem um nome criado automaticamente, mas você mesmo pode dar um nome ao container. Essa nomeação fornece duas funções úteis:

  1. Torna-se útil quando você precisa criar containers com funções especificas e precisa lembrar-se deles, por exemplo um container web ou mysql etc.
  2. Fica mais fácil fazer o link entre os containers, pois você não precisa decorar um nome que foi gerado …
[Leia mais]
Duplicação e espelhamento em servidores de alta disponibilidade

Em tempos em que informações valem ouro e estas precisam manter-se disponíveis em tempo integral para que possam ser manipuladas, consultadas, transferidas, copiadas ou qualquer outra finalidade a que se destinem, é necessário redobrar a atenção com a disponibilidade dos servidores de bancos de dados. Um servidor instável, offline ou mesmo danificado pode trazer sérios prejuízos para empresas que trabalham com informações, realizam métricas e análises de dados, para o mercado de Big Data etc. Uma técnica já bastante popularizada de “backup” das informações de servidores de bancos de dados é a replicação. Ela consiste em criar réplicas dos dados entre servidores paralelos, de forma que, em caso de falha de um servidor, os dados ainda estejam disponíveis em outra instância para que o negócio não deixe de funcionar, garantindo dessa forma a confiabilidade e a disponibilidade centralizada das informações para todos os …

[Leia mais]
Provisionamento orquestrado de serviços em cloud com Juju

Escrever a receita de como um servidor web deve ser instanciado e configurado não é o que basta para resolver todos os desafios de infraestrutura para sua aplicação, pois isso é apenas uma parte dos problemas de gestão.

É preciso que o provisionamento de serviços e servidores seja feito de maneira orquestrada, pois os serviços devem se comunicar uns com os outros, e sabemos que cada serviço tem uma necessidade diferente para escalar, assim como também é necessário que sejam realizados backups, análises de performance, gestão de logs etc.

Existe agora uma solução que realiza implementação, integração e ampliação instantaneamente em todas as grandes nuvens públicas e privadas – ela se chama Juju, onde há os “charms”, que são responsáveis por oferecer uma interface padronizada que permite essa integração com outros serviços. Para compreender melhor a diferença, enquanto as ferramentas de …

[Leia mais]
DatabaseCast #32: Backup e restore


Olá, pessoal! Neste episódio do DatabaseCast, o podcast brasileiro sobre banco de dados, Mauro Pichiliani e Wagner Crivelini recebem o convidado especial Jonny Ken para uma conversa sobre backup e restore.

Neste episódio você vai saber como a biologia e a informática podem trabalhar juntas, por que separar um servidor de direcionamento de um servidor de bookmark, a diferença entre backup e cópia, quais são os tipos e as opções avançadas de backup e finalmente responder obter a resposta para a pergunta: o que exatamente aconteceu com o Migre.me?

Não deixe de nos incentivar com o seu comentário, mandando e-mail para …

[Leia mais]
Melhores de 2012 – Análise de dados na nuvem: duas boas opções de Big Data “NoSQL” para as PMEs

O que tivemos de mais interesse em 2012? Quais foram melhores artigos, as opiniões que geraram maiores discussões? Isso é o que você vai encontrar nessa seleção de artigos que fizemos especialmente para você: os melhores conteúdos de 2012. Já que final e início de ano é sempre um tempo propício para fazer um balanço do que passou e o planejamento para o que ainda virá, esperamos que os artigos publicados aqui te ajudem nisso!

Boas festas e feliz 2013! Um abraço da equipe de Redação do iMasters!

 

Algumas estimativas sugerem que até 2015 o universo digital crescerá para 8 zettabytes de dados (1 zettabyte = 1.000.000.000.000.000.000.000 bytes). Muito se tem escrito nos últimos anos sobre o “Big Data” e as implicações para o gerenciamento de informações e para a análise de dados. Simplificando, Big Data são os dados que são grandes demais para serem processados usando métodos …

[Leia mais]
Análise de dados na nuvem: duas boas opções de Big Data “NoSQL” para as PMEs

Algumas estimativas sugerem que até 2015 o universo digital crescerá para 8 zettabytes de dados (1 zettabyte = 1.000.000.000.000.000.000.000 bytes). Muito se tem escrito nos últimos anos sobre o “Big Data” e as implicações para o gerenciamento de informações e para a análise de dados. Simplificando, Big Data são os dados que são grandes demais para serem processados usando métodos tradicionais.

Por “métodos tradicionais” nos referimos aos ambientes de banco de dados relacionais (RDBMS), nos quais os dados são organizados em um conjunto de tabelas formalmente descritas e muitas vezes acessadas utilizando a linguagem SQL (Structured Query Language). Esses sistemas foram projetados há décadas, quando os dados eram muito mais estruturados e menos acessíveis. Com o desenvolvimento de tecnologias web e arquiteturas de código aberto, os sistemas de gerenciamento de banco de dados também evoluíram. A expressão mais …

[Leia mais]
Nginx vs Lighttpd

Introdução

Há uma grande quantidade de servidores web. Cada um possui seus próprios benefícios, vantagens e propósitos…

O líder é o Apache, sem dúvidas. Mas há, pelo menos, dois outros servidores que são bons o bastante para serem mencionados: Nginx e Lighttpd.

Escopo

Hoje, uma das questões mais debatidas em discussões sobre servidores web é “Qual é o melhor: Lighttpd ou Nginx?”. Neste artigo, vamos tentar ajudar os administradores de rede decidir se devem usar Lighttpd ou Nginx.

Objetivo

Este artigo não é uma tentativa de provar a vantagem de algum servidor, mas apenas um exemplo de testes de comparação real. O objetivo é comparar dois servidores web, sem fazer qualquer ajuste de desempenho em configurações. Todos devem trabalhar com as configurações padrão. …

[Leia mais]
Melhorando a consistência do ambiente de desenvolvimento

Cada desenvolvedor é diferente, porém o ambiente da sua equipe de desenvolvimento não precisa ser. Um aplicativo  web moderno usa muitas tecnologias diferentes. As dependências comuns para um ambiente de desenvolvimento web funcionar incluem PHP e suas extensões necessárias, um servidor web, um banco de dados, frameworks de testes, e outros aplicativos e serviços. A abordagem clássica para ajudar uma equipe de desenvolvedores é implementar um servidor e instalar todos os pacotes necessários para o desenvolvimento. Essa metodologia fornece um ambiente consistente para todos os desenvolvedores da equipe, garantindo que todos os colaboradores recebam a mesma experiência durante todo o ciclo do desenvolvimento. No entanto, tão consistente quanto um desenvolvimento homogêneo e remoto pode ser, o desenvolvimento remoto apresenta uma série de problemas, incluindo sacrifícios de velocidade e uma dependência desagradável de uma conexão …

[Leia mais]
Mostrando entradas 1 para 9